Meditação Matinal 2017
A Caminho do Lar

Uma influência enobrecedora
24 de janeiro

Alegraram-se os que Te temem quando me viram, porque na Tua palavra tenho esperado. Salmo "119:74

Se as verdades da Bíblia forem entrelaçadas com a vida prática, elas elevarão a mente acima de sua condição terrena e da degradação. Os que são estu­diosos da Bíblia serão conhecidos como homens e mulheres que exercem uma influência enobrecedora. O Espírito de Deus é posto em íntima conexão com o sincero pesquisador das Escrituras quando as verdades reveladas pelo Céu são estudadas. A compreensão da vontade revelada de Deus desenvolve, expande e eleva a mente, concedendo-lhe novo vigor quando sua capacidade é colocada em contato com extraordinárias verdades. Se o estudo das Escrituras se torna uma questão secundária, sofre-se grande perda. Por algum tempo, a Bíblia foi elimi­nada de nossas escolas, e Satanás encontrou um terreno propício, no qual traba­lhou com rapidez, fazendo uma colheita de seu agrado.

A compreensão se equipara ao nível das coisas com as quais ela se familiariza. Se todos fizessem da Bíblia o seu estudo, veríamos um povo mais desenvol­vido, capaz de pensar de maneira mais profunda e revelando mais elevado grau de inteligência do que se estudassem, com muito esforço, apenas as ciências e as histórias do mundo. A Bíblia concede avançada disciplina mental ao sincero pesquisador, e ele emerge da contemplação das coisas divinas com as faculda­des enriquecidas; o próprio eu é humilhado, ao passo que Deus e Sua verdade revelada são exaltados. É porque as pessoas desconhecem as preciosas histórias da Bíblia que existe tanta exaltação humana e é dada tão pouca honra a Deus. A Bíblia contém exatamente a espécie de alimento de que o cristão necessita para fortalecer o espírito e o intelecto. O estudo de todos os livros de filosofia e ciên­cia não pode fazer pela mente e pela moral o que a Bíblia consegue realizar ao ser estudada e colocada em prática. Por meio do estudo da Bíblia, nós mantemos um intercâmbio com patriarcas e profetas. A verdade é esculpida em linguagem elevada, que exerce fascinante poder sobre a mente; o pensamento é elevado das coisas terrenas para a contemplação da glória da futura vida imortal. Que sabe­doria humana pode se equiparar à grandeza da revelação divina? O ser humano finito, que não conhece a Deus, procura diminuir o valor da Bíblia e encobrir a verdade sob pretensos conhecimentos científicos (Fundamentos da Educação Cristã, p. 129, 130).

Disponível também pela CPB